domingo, 1 de agosto de 2010

.amazing grace

Foto: Hugo Moura

Amanheceu cedo depois do tardio anoitecer. Foi então clara a óbvia e significativa diferença entre o primeiro amanhecer delas e o meu terceiro amanhecer. A euforia histérica e sufocante destas crianças pela dimensão da bênção que é uma semana fora de casa traz-me um sorriso que me incapacita para a repreensão.
- Meninas, amanhã fazemos assim. Se vocês acordarem antes de nós (especialmente, se vocês acordarem antes do nascer do Sol), não façam barulho, para que o resto das pessoas na tenda possam dormir mais um pouco.
E é assim que começa o dia, bem antes do planeado. Sem tempo para ocultar sob uma considerável camada de base as olheiras com que até eu me assusto, enfrento o mundo quase corajosamente após um rápido banho de água fria. A vida corre, acelerada, atropelando cada segundo desta terça-feira. Acordar as crianças, contar se estão todas presentes,  servir as refeições, limpar o refeitório, ouvir e acompanhar as histórias de vida mais aterradoras, vidas que já viveram mais do que deviam, muito mais do que deviam. Vidas de 6 anos que já viveram e experienciaram mais que a maioria das vidas adultas. Com alguns líderes fora em compromissos e um teatro para preparar, deixamos as crianças quase por sua conta durante um pequeno espaço de tempo em que muitas coisas correm mal, sob a nossa responsabilidade. Chega a ponderar-se o cancelamento do teatro pelo avançado da hora, e acabamos a decidir que o teatro tem que ser apresentado.
É então que um grupo física e emocionalmente esgotado entra no auditório e se põe em posição para representar a história de 6 vidas que tanto tocaria cada pessoa que assistiu e cada pessoa que participou. Ainda antes de as crianças entrarem, de uma voz tão doce e familiar, 'Por Teu grande amor, a luz e o calor, queremos Senhor dar-Te graças, também pelo pão, pela habitação, de bom coração damos graças. Louvamos-Te, oh Deus.' Espontânea e automaticamente, todos nós começamos a cantar, em diferentes vozes, toda a harmonia do único meio de comunicação permitido naquele momento para fazer a ligação entre nós e Deus: a música, o louvor. Quando as crianças começam a entrar, passamos da letra para 'ooooohh's', continuando a entoar a mesma melodia, saída directamente de corações humildes, quebrantados e preparados para servir. As crianças continuam a entrar e nós passamos para 'Amazing Grace', inicialmente com letra, depois sem letra, a vozes, deixando cada criança e jovem perplexa e sem reacção. Começamos então o teatro, tocando e proporcionando mudanças em vidas destroçadas, preparados para seguir a nossa tarefa até ao fim, servindo aquelas crianças em cada segundo daquela semana.
'Deus escreve direito por linhas tortas.' A ligação directa com Ele não foi facilitada, não da forma convencional, mas foi estabelecida, de outra forma, com a união do que fomos e somos enquanto grupo. Oro para que este grupo continue a ultrapassar as barreiras e limites do convencional, mantendo contacto, confiança, partilha, serviço, propósito, juntos. O que nos move? O Deus do impossível, a única esperança tanto para nós como para as crianças com quem trabalhamos.

Dedicado à equipa de líderes e às crianças e jovens do ACJ2010.

6 comentários:

Aquela que um dia quer escrever... disse...

Arrepios em mim =)!!

Foste uma das melhores coisas que me aconteceu em Mafra!
Tens cá uma irmã com quem podes contar, eternamente!

"Abre os meus olhos, eu quero ver, ver um milagre em mim acontecer! Onde não há solução, estende a Tua mão, mostra Tua grandeza e revela quem Tu és..Tu és, o Deus do impossível!!"

Há poder na espera..Creia somente, a vitória já é tua!

amt***

xanty disse...

Quem disse que Mafra é só para as crianças....
Fico eternamente grato por ter papel "secundário" lá porque em tudo o que fazemos, em tudo o que damos...ganhamos imenso

e nisso "We have overcome"

Giggles disse...

o melhor que ja escreveste ate agora... talvez porqe implica nao so os teus sentimentos, mas os de terceitos tambem. as vezes parece que nao.. mas precisamos uns dos outros, da uniao, de um proposito que nos une e capacita, os lideres, as crianças, ACJ2010, Deus todo poderoso!
continua a deixar-te ser usada, nao so pela variedade de ministerios qe auxilias, mas pela tua escrita. "maçãs de ouro em salvas de prata"

Nirvana Blue disse...

sinto-me terrivel pelo sucedido. Peço imensa desculpa, nao volta a acontecer.

Anónimo disse...

ja algum tempo que não passava por aqui...ja sentia a falta confesso.
tens um dom lindo, porque como acontece comigo acredito que mais pessoas encontram nas tuas palavras muito mais do que "apenas" palavras ....
beijinhos

M. dos Santos disse...

ja algum tempo que não passava por aqui...ja sentia a falta confesso.
tens um dom lindo, porque como acontece comigo acredito que mais pessoas encontram nas tuas palavras muito mais do que "apenas" palavras ....
beijinhos

jeje